Aos 56 anos, a faxineira Iracema Kommers guarda com orgulho em sua memória uma data especial: 10 de março de 2020.

Foi o dia em que conseguiu, após catar 120 quilos de latinhas nas ruas de Chapadão do Sul (MS), juntar o suficiente para abrir o seu próprio negócio na Maravilhas da Terra.

“Eu conheci a empresa em dezembro de 2019. Comecei consumindo os chás e emagreci bastante, mas ainda não tinha o dinheiro para iniciar o negócio. Foi então que eu decidi catar as latinhas para poder começar”, afirma ela.

Os resultados financeiros logo começaram a aparecer. Com as vendas e os novos cadastros em sua equipe, ela chegou ao nível de Elite e já ganha o suficiente para dormir tranquila, com todas as contas em dia.

“E agora já dá também pra comprar uma mistura, umas carnes diferentes”, comemora.

A autoestima também é outra. Em seu Whatsapp, chovem mensagens de clientes a agradecendo e a chamando para saber mais sobre os produtos.

O uso dos chás, segundo Iracema, tem sido ainda um grande alívio para o nervosismo de sua filha com necessidades especiais, que mora junto com ela e a neta.

Diante de tantas transformações em tão pouco tempo, ela já se permite até sonhos maiores. “Meu grande sonho é ter a minha casa própria. Deus vem trazendo isso ao longo da minha vida. Já sonhei várias vezes com uma casa arrumadinha, branco por dentro, arrumadinha. Sonhei várias vezes.”

Para quem teve a força de vontade de catar 120 quilos de latinhas por uma oportunidade, não há do que duvidar. Nada mais parece impossível para a catadora de sonhos.

Related Posts

Deixe uma resposta